O Que Tem Acontecido

fotinha {a foto é somente ilustrativa}

Na semana que vem vai fazer seis meses desde que eu cheguei aqui na Inglaterra, e ver meninas que acabaram de chegar aqui na base de Harpenden para a ETED falando que não sabem como vão aguentar ficar seis meses longe da família me faz perceber que sim, eu fiz isso,( I made it) eu já consegui, eu estou completando seis meses longe da minha família. E como o tempo passou rápido e desapercebido por mim, tanta coisa aconteceu durante esses meses, mas o que eu posso garantir é que as experiências que eu vivi exteriomente, na “terra da rainha” não se comparam a tudo o que eu vivi e experimentei dentro de mim nesse tempo.

Quando eu cheguei em Harpenden pela primeira vez eu era uma menina assustada, que não sabia como irira conseguir ficar todo esse tempo longe dos meus pais e que em minha mente achava tudo ( e todo mundo) novo e maravilhoso. Eu preciso ser sincera e dizer que o que eu menos pensei nos meus dois primeiros meses aqui na Inglaterra, era o porque eu estava aqui na Inglaterra, no próposito que Deus tinha para mim aqui. Eu não falo por causa da minha rotina ou por eu estar tendo as minhas aulas de ingles, mas o meu coração estava desconectado, as minhas atitudes e as minhas intenções simplesmente não se encontravam com Deus, nem para pedir opinião. Eu me distraí, essa é a verdade. E como ser humano eu continuo lutando contra isso dia após dia. Mas foi então que gradativamente algumas coisas começaram a mudar no meu coração, quando eu trabalhei no festival cristão foi o começo delas, depois quando eu fui para Cornwall e então em Cornwall, muito aconteceu somente entre Deus e eu, não por causa do lugar, mas porque eu acredito que foi o tempo maduro para que eu vivesse essas mudanças e despertamentos, e eu realmente senti que Deus estava mudando a ordem de muita coisa dentro de mim.

Eu ainda sou muito daquela menina que chegou aqui, mas de alguma forma e não por causa de mim ou por meio de mim, muita coisa tem mudado. No meu interior primeiro e agora talvez seguindo o reflexo de dentro, à minha volta. Quem tem acompanhado as minhas atualizações sabe que eu estou prestes a fazer a ETED, porém não a farei mais aqui na base de Harpenden. Muitas coisas aconteceram na semana passada para que eu possa descrevê-las aqui, mas naquela semana eu cometi erros, Deus me redmiu deles, me ensinou com eles, eu cresci e enfrentei muitos dos meus medos e enfim, os meus planos mudaram. Há mais ou menos um mês eu venho orando para fazer a minha ETED em Londres, as pessoas que me conhecem já sabem de toda a minha história e aconteceu que durante esse tempo Deus foi mudando os planos, muitas coisas aconteceram e eu sentei com os meus líderes aqui em Harpenden para dizer que eu não poderia fazer a ETED com eles. Todo esse processo de mudança de planos e enfrentar pessoas, foi bem doloroso para mim, mas Deus me deu força e coragem para passsar e enfrentar cada um deles.

Agora a minha situação com a base de Londres está praticamente finalizada, os líderes já me aceitaram e o que falta nesse momento é só pagar um valor de inscrição para garantir o meu lugar na base. A escola começa dia 13 de outubro e até lá eu ficarei aqui na base de Harpenden por duas semanas ajudando na cozinha para economizar dinheiro. O que desde então já tem sido surpreendentemente bom, pois Deus tem moldado o meu coração em relação a servir e honrar as pessoas daqui. E além disso, eu acredito que essas duas semanas também são também para que eu possa fechar o meu ciclo aqui, mais do que com as pessoas à minha volta, mas como uma forma de refletir, agradecer, liberar perdão para o que precisa ser liberado e entregar a Deus tudo o que eu vivi nesse tempo aqui emocionalmente. Que foi extremamente crucial e necessário para mim e para o que Deus quer fazer na minha vida daqui pra frente.

O que me espera agora pela frente enche o meu coração de expectativa, não por causa do lugar, mas por causa dessa caminhada que eu sinto iniciar em relação a ouvir a Deus:  buscar a diração, ouvir errado e não me condenar por causa disso, começar de novo, não caminhar pela necessidade de aprovação das pessoas e de alguma forma, começar a andar em confiança do que Deus tem falado comigo. Tem sido doloroso, tem sido difícil, mas tem sido bonito.

Então  o que eu gostaria de pedir oração é em relação á essa mudança e que eu acredito que é uma nova fase que Deus tem pra mim aqui; pelas finanças e pelo dinheiro para pagar essa escola, para que Deus continue suprindo como Ele já tem feito em todo esses seis meses.

 

Falando nisso, esse é o primeiro texto que eu estou escrevendo no meu computador (!) sim, agora eu tenho um e que foi também resposta de oração! Então perdoem os meus erros de português porque o teclado está em Inglês.

 

É isso aí, eu tô bem, eu tô viva e aos poucos virando gente grande.

 

Graça e paz.

Anúncios