Ainda

Ainda danço na chuva, ainda choro em animações, ainda pego doce escondido na geladeira, ainda faço penteados bizarros no cabelo quando estou sozinha. Ainda conservo em mim a criança que um dia já fui.

Ainda acredito nas pessoas; ainda rodo o meu globo antes de dormir, só para ver em que país o meu dedo vai parar; ainda apago a luz do meu quarto várias vezes ao dia e deito no chão para ver as estrelas brilharem no teto. Ainda sonho demais, ainda acredito de mais. Ainda tenho em mim, mais sonhos do que poderei realizar, mas ainda sim continuo a acreditar.

Ainda vejo bondade nas pessoas e acredito que a compaixão e o amor podem nos transformar, ainda creio que o mundo terá jeito.

Ainda peço benção para os meus pais e sofro só de pensar em não tê-los perto de mim, ainda considero a família a coisa mais importante dessa vida.

Ainda não me deixo contaminar por todas as coisas ruins que há no mundo e tento sempre manter a pureza e a bondade no meu coração.

Ainda converso sozinha e fico me imaginando dentro do último filme que assisti, ainda faço caretas no espelho, danço no meio da cozinha e canto no chuveiro.

Em suma, ainda não cresci e não se isso é todo de mal. Pois ainda conservo lá no fundo a inocência e a esperança de antigamente, tentando sempre valorizar as pequenas coisas; rindo por nada, vivendo por tudo e encontrando nos momentos mais banais, a felicidade mais suprema.

IMG_20150927_135756

Foto: Tumblr
Fiquem com Deus!
xoxo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s