Para o Papai: Tudo Passa

Faz um mês que minha mãe encontrou, mexendo nas bolsas velhas do meu pai, um poema que escrevi para ele lá pros meus nove anos. Eu nem sequer lembrava que eu escrevia nessa época, muito menos poemas! O mais legal é que eu encontrei esse poema em dia difícil, em que eu estava duvidando de mim mesma e encontrá-lo foi como um presentinho de Deus, que dizia ” não desista ainda”.

E como hoje é dia dos pais, esse poema me veio á mente imediatamente, então decidi compartilhar com vocês!! É legal ver a inocência e o amor puro de uma criança ❤

Ps: lembrem que foi uma Sara de 9 anos que escreveu e não a Sara de agora, tá? rs

Tudo Passa

Snapchat--8306786433956034855

Meu pai é um cara engraçado,
Diz que me põe de castigo,
Se eu eu não fizer a lição

Só que quando eu não faço,
Ele vem com decisão,
E o ar sério que ele tem,
E diz:

“Dessa vez passa,
Mas da próxima ein?”

Se eu levo um tombo e choro,
Ele me pega no colo, me embala e fica dizendo:
Chora não… Isso passa.


Quando eu vou dormir,
E tenho medo do escuro,
Ele me conta uma história,
E diz para mim fechar os olhos, que o medo passa.

Ai, eu gosto tanto dele,
Que isso não passa.

Anúncios

2 comentários sobre “Para o Papai: Tudo Passa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s